haja corazón


A escalação do Maradona

Diego, ou Diós para os íntimos, é uma espécie de Caetano Veloso da Argentina. Sempre que surge um assunto polêmico sobre o país ou qualquer outro tema que ninguém tem opinião formada ainda, lá vão os jornalistas colocar o microfone na frente do Maradona para que ele diga algo. Tenho certeza de que a primeira coisa que um repórter argentino faz quando se prepara para escrever uma matéria é pensar “O que o Maradona diria sobre isso?” e aí ele começa a escrever. Mas nós só queremos saber de futebol. E a última do homem foi escalar o Verón no time que vai pra Alemanha. Como brasileiro, eu acho uma ótima idéia, pois os argentinos culpam o Verón pelo vexame na Copa de 2002. Parece que a chuteira dele era salto 12 e ele também é do tipo que gosta mais de falar do que jogar, criando brigas e discussões entre os colegas. A raiva da atuação do Verón em 2002 é impressionante. Dizem que ele não desce em Ezeiza sem levar uma laranjada na testa. Enfim, se o Maradona está dizendo que ele deve jogar, quem sou eu pra contrariar?



Escrito por Fabiano Goldoni às 23h17
[ ] [ envie esta mensagem ]


Leprosos futebol clube

Pois então. Ontem aconteceu o maior quebra pau no jogo do Newells Old Boys com o Goiás. Sei que é uma piada de péssimo gosto, mas, veja bem, o time de Rosário tem o apelido de La Lepra. E os seus torcedores são conhecidos como leprosos. Parece que o clube foi fundado perto de um hospital para leprosos. Até se justifica. Mas, pô, se chamar La Lepra não gera nenhuma confiança, né?



Escrito por André Takeda às 18h58
[ ] [ envie esta mensagem ]


Maradona vende tudo

Ele é o nosso garoto-propaganda predileto!



Escrito por André Takeda às 19h41
[ ] [ envie esta mensagem ]


O mascote da Copa é argentino

Enquanto os jogadores esquentam as canelas para a estréia, nós tentamos amenizar a espectativa com variedades sobre a Copa. A A.F.A (Associação de Futebol Argentina) divulgou, com todo orgulho que só o povo platense sabe ostentar, que o cabelo do mascote da Copa é feito com pêlo de lhama de Córdoba. Segundo o homem que tirou o couro das pobres lhamas, isso foi algo muito emocionante. Leia a notícia aqui.



Escrito por Fabiano Goldoni às 13h07
[ ] [ envie esta mensagem ]


Bolas quentes

Ontem contei essa história para um amigo brasileiro e ele não acreditou. Eu também acho que é uma lenda urbana. Mas, depois de um ano vivendo em Buenos Aires, sou obrigado a dizer que talvez os argentinos pensem assim. O lance é o seguinte: rola um papo de que as “bolas” do sorteio dos jogos da Copa do Mundo possuíam temperaturas diferentes. Pelo menos aquelas que o Pelé iria sortear. Segundo os argentinos, a “bola” com o nome da Holanda era mais quente. Assim, o segundo melhor jogador do mundo saberia qual era o time mais forte para colocar na chave da Argentina. Ou seja, PÁRA TUDO! FOI TUDO ARMAÇÃO! A FIFA TAMBÉM RECEBIA MENSALÃO!



Escrito por André Takeda às 11h27
[ ] [ envie esta mensagem ]


As 1000 frases de Maradona (I)

Comprei o livro do homem. Mas fiz isso com o único propósito de investigação histórica e busca de possível material para análise semiótica e, obviamente, fonte de chacota. O livro divide as frases por temas, como: seleção, técnicos, jogadores, juízes, política, etc. Porém, como nós prezamos pela isenção e imparcialidade, vou dividir as frases dele nas seguintes seções: Ofensas ao Pelé, Grandes Bobagens, Bobagens Sem Sentido, Contradições e Prováveis Plágios.

 

Começaremos com alguns Prováveis Plágios:

 

- Eu sei que é muito difícil ser humilde sendo argentino.

- Pessoal, hoje tenho menos palavras do que um telegrama. (evitando os jornalistas)

- Estou perdendo de 5 a 0, faltam 2 minutos e o árbitro é o Castrilli (sobre sua recuperação)

- Bem Johnson é mais sério do que a minha sogra no dia em que me conheceu.

- Vou te contar um segredo, Shilton: foi com a mão (1998).

 

No próximo post: Grandes Bobagens e Ofensas ao Pelé.



Escrito por Fabiano Goldoni às 04h02
[ ] [ envie esta mensagem ]


Esses ingleses...

Esqueci de dizer que fui ao show do Oasis. Até aí, nada demais. Até porque o show foi bem meia-boca. O interessante foi que o Liam Gallagher dedicou uma música ao Maradona. E sabe qual foi? Cigarretes & Alcohol. O que será que ele quis dizer com isso?

Escrito por André Takeda às 20h14
[ ] [ envie esta mensagem ]


Direto do jornal Olé

Para vocês que estão procurando notícias da seleção argentina. Está em espanhol. Se não entender algo, azar o seu!

Se terminaron las pruebas, los experimentos. Se acabó. José Pekerman ahora tendrá 75 días para pensar la lista definitiva de 23 jugadores que deberá dar el 15 de mayo. Y el técnico tiene casi todo cocinado en su cabeza y apenas le faltan definir dos o tres puestos. Olé te cuenta cuál es la nómina que el entrenador maneja y cuáles son sus dudas.

Arqueros. Abbondanzieri, más allá de sus malas actuaciones en la Selección, tiene un lugar asegurado, aunque su titularidad... Germán Lux es el segundo arquero y en el tercer lugar está Oscar Ustari, el uno de Independiente. Aunque Leo Franco peleará hasta el final.

Defensores. Serán ocho y aquí se incluye a Sorin. El técnico quería probar variantes a Pupi Zanetti y lo hizo con Leo Ponzio, aunque parece que pesará más la experiencia del lateral del Inter. Después, son los de siempre y la única forma para que haya sorpresas en este sector es que el Ratón Ayala y Gabriel Heinze no lleguen en óptimas condiciones futbolísticas. Entonces, sería el momento de Gonzalo Rodríguez.

Volantes y enganches. Acá está todo listo. Serán tres volantes centrales, dos volantes externos y dos enganches. Pekerman los tiene elegidos y recontraprobados. Casi que no hay polémicas, pero en lista de espera hay cuatro futbolistas: dos pibes como Fernando Gago y Lucas Biglia, un tapado como Mario Santana y un experimentado como Kily González, quien no tiene continuidad en el Inter.

Delanteros. Acá el problema está en el quinto elemento. Lionel Messi, Carlos Tevez y Hernán Crespo están adentro (obvio, salvo lesiones o cosas raras). Javier Saviola, si continúa en este nivel, también será parte del plantel en Alemania, más allá de que no estuvo citado para el partido de ayer. Pero si se cae como ya le sucedió, Pekerman tiene decidido que su reemplazante sea Rodrigo Palacio. ¿Y el último? Diego Milito pica en punta como el posible reemplazante de Crespo, pero no hay que olvidarse de Julio Cruz (gran presente en el Inter) y de Luciano Figueroa. ¿Kun Agüero? El DT lo ve muy pichón y si hoy debiera dar la lista no lo incluiría. Pero como para el debut contra Costa de Marfil faltan 100 días, todo se puede dar.



Escrito por André Takeda às 20h09
[ ] [ envie esta mensagem ]


[ ver mensagens anteriores ]
 

Dois brasileiros, André Takeda e Fabiano Goldoni, vão assistir a Copa do Mundo de 2006 na Argentina. Como diria o grandioso, magistral, inenarrável, fulgurante, Galvão Bueno, "que drama, meu amigo!".

Legais
Vote
Dê uma nota para
o Haja Corazón



Arquibancada
 André Takeda
 Fabiano Goldoni
 Redação UOL
 Soninha
 Enviados UOL
 Linha Burra


Vídeos

Melhores momentos da Seleção Argentina

A verdade sobre a Copa de 90

Treino da Argentina


Clima de Copa do Mundo

Torcida em Buenos Aires

Argentina x Alemanha








Histórico
09/07/2006 a 15/07/2006
02/07/2006 a 08/07/2006
25/06/2006 a 01/07/2006
18/06/2006 a 24/06/2006
11/06/2006 a 17/06/2006
04/06/2006 a 10/06/2006
28/05/2006 a 03/06/2006
21/05/2006 a 27/05/2006
14/05/2006 a 20/05/2006
07/05/2006 a 13/05/2006
30/04/2006 a 06/05/2006
23/04/2006 a 29/04/2006
16/04/2006 a 22/04/2006
09/04/2006 a 15/04/2006
02/04/2006 a 08/04/2006
26/03/2006 a 01/04/2006
19/03/2006 a 25/03/2006
12/03/2006 a 18/03/2006
05/03/2006 a 11/03/2006