haja corazón


Ligue já!

Achei o endereço e o telefone do consulado da Costa do Marfim em Buenos Aires.

Se você é argentino, ou conhece algum argentino, anote, repasse e vamos dar um jeito de pedir desculpas.

Consulado da Costa do Marfim

Rua Ugarteche, 306

Fone 4801-0700


Escrito por André Takeda às 19h19
[ ] [ envie esta mensagem ]


Que Drogba!

Os marfineses são muito ingênuos. Ficavam tocando a bola, tentando entrar na área da Argentina por baixo, mesmo tendo um gigante fincado no meio da área. Era só levantar uma bola pro Drogba e deixar ele ajeitar de cabeça pra alguém vindo de trás. Se eles repetissem essa jogada durante os 90 minutos, eu não estaria ouvindo essas buzinas agora. Sinto como se eu morasse no Beira-Rio e tivesse que ficar quieto seja qual for o resultado.

A única coisa boa foi escutar o locutor do canal 13 gritando a cada ataque da Costa do Marfim "Não podemos repetir a Copa América!"

Se tem um gol que eles não vão esquecer tão cedo é esse aqui do Adriano:

 



Escrito por Fabiano Goldoni às 19h14
[ ] [ envie esta mensagem ]


Torcedores solitários

Eu fui o único que pulei e gritei no prédio na hora do gol da Costa do Marfim. Eu disse prédio? Quero dizer, na rua onde moro.

Pelo jeito, nós temos todos os motivos para tirar uma com os argentinos na segunda... mas, pensando bem, vamos esperar até terça.

Escrito por André Takeda às 19h13
[ ] [ envie esta mensagem ]


Eu juro que tentei

É impossível torcer pra Argentina! Eles fazem um gol de chiripa e agora acabam de fazer outro com 3 jogadores impedidos!

As pessoas na rua ainda têm coragem de comemorar. O mínimo que eles deveriam fazer agora é ligar pra embaixada da Costa do Marfim em Buenos Aires (se é que existe) e pedir desculpas pela vitória injusta!



Escrito por Fabiano Goldoni às 17h44
[ ] [ envie esta mensagem ]


Somos Costa de Marfim!

Ontem, antes de sair do trabalho, falei que chegaria na segunda e iria ver todos (como todos, quero dizer argentinos) tristes. Foi uma provocação pequena, mas o pessoal não gostou muito. Consegui ver uma certa mágoa nos olhos dos caras. Porque o negócio é o seguinte: este país é dramático. E eles sofrem, sofrem, sofrem. Falam mais da derrota de 90 ou do corte do Maradona em 94 do que das Copas que ganharam. E vencer uma Copa, depois de 20 anos, seria pisotear esse sofrimento. Confesso que dá uma pontada no meu coração.

Mas, pô, na hora que a bola rolar é claro que vou torcer contra a Argentina.

Ainda não saí de casa, mas a impressão que tenho é que a cidade parou. Está tudo silencioso e os canais de TV não falam de mais nada.

Mais tarde voltamos com mais notícias.

Escrito por André Takeda às 13h29
[ ] [ envie esta mensagem ]


Argentina teve uma estréia tranqüila

Os comentaristas da Fox Sport gostaram da arbitragem do Horácio Elizondo. O único erro foi aquele impedimento no segundo gol. De resto, o jogo foi tranqüilo: a Costa Rica fez o seu tradicional papel de levar um chocolate e não lutou muito para evitar isso.

 

Ontem mesmo um comentarista de um outro canal de TV disse que o Elizondo ia mostrar ao mundo um novo estilo de arbitragem. Não sei o que eles queriam dizer com isso, pois eu não vi o resto da reportagem. O certo é que, depois do Margarida, ninguém inventa mais nada em arbitragem.



Escrito por Fabiano Goldoni às 21h40
[ ] [ envie esta mensagem ]


E começou a Copa!

Acabamos de ver o primeiro jogo da Copa com os argentinos. A gente se juntou no comedor (não, não é o que você está pensando, comedor é refeitório em espanhol) e ficamos torcendo pelo tal do Wanchope.

As palavras que mais ouvi:

"NOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO!!!!"

E...

"NEGRO!!!!"

Eu tento explicar que eles podem estar sendo racistas, mas talvez seja uma questão cultural. Aqui, o máximo que você vai encontrar é pele café com leite. É como quando eu ainda vivia em Porto Alegre, onde a comunidade oriental é pequena, e todo dia passava alguém e gritava "JAPONÊS!".



Escrito por André Takeda às 16h09
[ ] [ envie esta mensagem ]


No tênis não deu? E no futebol?

É claro que o nosso blog é sobre futebol.

Mas hoje o Nabaldian caiu em Roland Garros.

É o começo do fim para os argentinos.



Escrito por André Takeda às 16h05
[ ] [ envie esta mensagem ]


Los 11

Taí a primeira escalação da Argentina.

Abbondanzieri, Burdisso, Ayala, Heinze, Sorin, Mascherano, Cambiasso, Maxi Rodríguez, Riquelme, Saviola e Crespo.

Acabo de ver os programas de TV matutinos (adoro esta palavra: matutinos!) e, claro, há controvérsias.

Mais informações durante o decorrer do dia.

E, como disse o meu companheiro de área, REZEM POR NÓS.

Escrito por André Takeda às 09h41
[ ] [ envie esta mensagem ]


Contagem regressiva

Em algumas horas, a existência desse blog vai se justificar e as coisas por aqui vão ficar cada vez melhores. Vamos tentar mostrar tudo o que acontece no território inimigo durante as partidas do Brasil e da Argentina. E também qualquer outra coisa fora do comum e bizarra que vier a acontecer. 

 

Antes que a Copa comece, eu aproveito para fazer os meus prognósticos:

 

Brasil: tenho muito medo desse clima de favoritismo. Sim, já estamos escaldados com a tragédia de 82. Mas Copa do Mundo não tem favorito. Vocês lembram, né? A gente entra em campo com o melhor jogador do mundo, o ataque mais positivo, começa achando que vai levar fácil e quando vê a França faz dois gols de escanteio. Previsão Galvão Bueno: pode acontecer qualquer coisa, meu amigo.

 

Argentina: já disse abertamente que vou torcer para a Argentina ir bem. Não quero que ganhe. Só quero que eles representem bem o futebol sul-americano como o louvável Equador, por exemplo. Eu não concordo muito com a escalação do Pekerman. Acho que o Crespo não joga há tanto tempo que vão precisar mostrar pra ele que o gol fica depois da pequena área, exatamente entre as duas bandeirinhas de escanteio. O Tevez está mostrando que sabe esse caminho de olhos fechados. Outro problema é o Riquelme, que é muito lento e não vejo nele tudo isso que dizem.

 

Itália: é a minha grande favorita por um único motivo: quanto pior a Itália começa uma copa, melhor ela vai. Talvez porque os jogadores tenham medo de apanharem da mama se voltarem sem um terceirinho que seja.

 

Alemanha: é a minha segunda grande favorita. Além de jogar em casa, o time alemão é uma equipe de basquete. E eles sabem disso. Se a cada vez que levantarem uma bola na área, um alemão der um peido, a camada de ozônio está com os dias contados.

 

Inglaterra: eles nunca tiveram tantos craques numa seleção. Provavelmente vão ser eliminados por alguma equipe inexpressível nas oitavas-de-final, depois que todos os jornais ingleses saírem com uma foto do príncipe abraçado em duas alemãs e manchetes do tipo “Estamos nas quartas-de-final!”

 

Zebras: Portugal e Japão, por terem os melhores técnicos da Copa. Togo porque eu simpatizo com o nome do país (Acho super publicitário. Melhor só se fosse Lolo, Xuxa ou Coca). E Espanha que engana todo mundo com o melhor campeonato de clubes, mas, na hora de juntar a turma pra formar uma seleção, parece o Caxias quando disputa o Brasileirão.

 

Desejo uma grande Copa a todos os leitores. E rezem por nós.



Escrito por Fabiano Goldoni às 02h24
[ ] [ envie esta mensagem ]


Quem é Pelé, boludo?

Mais um vídeo para a Libertadores que tivemos que tirar do ar. Os depoimentos são verdadeiros.



Escrito por André Takeda às 14h38
[ ] [ envie esta mensagem ]


Mágoa

Os argentinos, vocês sabem, são um povo muito passional. Até hoje eles não perdoam a cervejaria que fabrica a Quilmes por ter se vendido para a Ambev. Imagine: a cerveja que leva as cores da bandeira argentina no rótulo é, na verdade, brasileira. Há rumores de que, se a Argentina ganhar, todos vão comemorar tomando pomelo com vodka.

Veja o comercial da Quilmes para o verão e abaixo a paródia falando sobre a traição:



Escrito por Fabiano Goldoni às 18h01
[ ] [ envie esta mensagem ]


Será que ela vai continuar sorrindo assim depois da Copa?

Agora, chegou a vez do Federico falar sobre como é estar casado com uma brasileira fanática por futebol. Vale lembrar que ele é o marido da Dani. E que ele é argentino. A foto acima é do casamento deles. Se os argentinos colocassem no futebol toda a energia que eles colocam nas festas de casamento, meus amigos, não teria para ninguém. A festa do Fede e da Dani começou às 11 da manhã e terminou lá pela meia-noite. Nunca comi tanto na minha vida.

 

Fede, por que existem muitos argentinos casados com brasileiras? O que as brasileiras têm de especial? Ou você acha que são os homens argentinos que são melhores que os brasileiros?

 

Com certeza não nos une o futebol. E claro que o homem argentino deve ter algo que o brasileiro não tem, e a mulher brasileira sem dúvida tem algo que a argentina não tem. Sobre o tipo físico vou ser politicamente correto já que penso que existe um empate técnico com Brasil e Argentina. Sem dúvida, o que faz a diferença na mulher brasileira é a personalidade, isso faz com que elas sejam as mais atraentes do mundo.

 

Você seria capaz de torcer pelo Brasil para provar o seu amor à Dani?

 

Só se na noite anterior eu tivesse pisado feio na bola. Mas, no fundo do coração, tenho o diabinho com a azul e branca torcendo contra o outro adversário, seja ele quem for.

 

Você acha que irá poder ver o Mundial tranquilo com uma brasileira em casa?

 

Sim, mas só porque existe um contrato prévio onde exigimos respeito e silêncio absoluto de ambas as partes na hora de jogar o Brasil ou a Argentina. Se Deus quiser que a gente se encontre em algum momento como rivais, vamos ver em TV separadas, ou em casas separadas, ou até mesmo em países diferentes.

 

E o que vai acontecer quando os filhos chegarem? Vão torcer pelo Brasil? Pela Argentina? Qual seria a sua reação se o seu filho dissesse que o Pelé é melhor que o Maradona?

 

Vai ser um trabalho fino desde que ele for pequeno para convencer que Maradona foi melhor que Pelé e Ronaldinho juntos, que o Brasil, das 5 Copas que ganhou, 3 foram vencidas em preto e branco.

 

Por último, se o Brasil ganhar a Copa, o que você vai fazer?

 

Seguramente vou aprobeitar para ir a Ushuaia, que é o ponto argentino mais longe do Brasil. Além disso, já comprei latas de conservas e suprimentos para sobreviver um mês trancado sem celular, internet, nem nada que me comunique com o mundo exterior.



Escrito por André Takeda às 13h52
[ ] [ envie esta mensagem ]


A Argentina já é campeã mundial de... LOCUTÓRIOS

Vou começar uma série de posts mostrando no que a Argentina já é campeã do mundo. Começamos pelos locutórios. E que diabos é um locutório? Locutório é um lugar que tem diversas cabines telefônicas e, agora que estamos neste mundo on line, às vezes tem até computadores com acesso à internet. Em Buenos Aires tem um negócio desses em cada esquina. Se bobear, tem dois em cada esquina. Até no metrô você encontra um locutório. Só não entendi por que diabos tem tanto locutório na cidade. Para você ter uma idéia, existe até campanha de operadoras de telefonia mostrando as vantagens de se ter telefone em casa. Vai entender. E, geralmente, o locutório é bem baratinho. Dependendo do bairro que você está, é quase de graça. Só que eu ainda acho mais confortável ter um telefone em casa.



Escrito por André Takeda às 17h02
[ ] [ envie esta mensagem ]


Clima de Copa do Mundo



Escrito por Fabiano Goldoni às 11h34
[ ] [ envie esta mensagem ]


Ééééééééééééééé do Brasil!

Fomos para o local marcado para ver o jogo e descobrimos duas coisas: (1) o lugar na frente do Maluco Beleza se chama Bar do Bahia e (2) o Bar do Bahia não abre aos domingos. Encontramos o Túlio, leitor assíduo deste blog, na frente do bar fechado e fomos procurar algum lugar com uma TV ligada. Entramos numa pizzaria na Callao quase esquina com a Corrientes e ficamos comendo pizza, tomando Quilmes e curtindo um jogo sem a narração descrita pelo Takeda. Veja no vídeo a reação do pessoal quando o Brasil fez o terceiro gol:



Escrito por Fabiano Goldoni às 20h07
[ ] [ envie esta mensagem ]


Narradooooooooor

Como adiantei no post de ontem, não me reuni com os outros brasileiros que vivem em Buenos Aires para assistir ao amistoso da nossa seleção.

Depois de ver mais um jogo narrado pelos argentinos, estou começando a ficar nervoso. Tudo bem que o pessoal do canal TyC (Torneos y Competencias), que tem os direitos de transmissão da Copa do Mundo, não torce contra o Brasil como os caras da ESPN. O problema deles é que sempre erram quem está com a bola e narram "RONALDINHO, RONALDINHO, RONALDINHO, RONALDINHO..." (enquanto o jogador conduz a bola) e depois "RONALDINHOOOOOOOO" (quando ele chuta). Dá nos nervos.

O que eu mais gostei é que o Ronaldo Fenômeno tem um apelido por aqui: gordito.

De qualquer forma, acho que vamos ter que arranjar um jeito de roubar o sinal da Globo.

Escrito por André Takeda às 16h08
[ ] [ envie esta mensagem ]


[ ver mensagens anteriores ]
 

Dois brasileiros, André Takeda e Fabiano Goldoni, vão assistir a Copa do Mundo de 2006 na Argentina. Como diria o grandioso, magistral, inenarrável, fulgurante, Galvão Bueno, "que drama, meu amigo!".

Legais
Vote
Dê uma nota para
o Haja Corazón



Arquibancada
 André Takeda
 Fabiano Goldoni
 Redação UOL
 Soninha
 Enviados UOL
 Linha Burra


Vídeos

Melhores momentos da Seleção Argentina

A verdade sobre a Copa de 90

Treino da Argentina


Clima de Copa do Mundo

Torcida em Buenos Aires

Argentina x Alemanha








Histórico
09/07/2006 a 15/07/2006
02/07/2006 a 08/07/2006
25/06/2006 a 01/07/2006
18/06/2006 a 24/06/2006
11/06/2006 a 17/06/2006
04/06/2006 a 10/06/2006
28/05/2006 a 03/06/2006
21/05/2006 a 27/05/2006
14/05/2006 a 20/05/2006
07/05/2006 a 13/05/2006
30/04/2006 a 06/05/2006
23/04/2006 a 29/04/2006
16/04/2006 a 22/04/2006
09/04/2006 a 15/04/2006
02/04/2006 a 08/04/2006
26/03/2006 a 01/04/2006
19/03/2006 a 25/03/2006
12/03/2006 a 18/03/2006
05/03/2006 a 11/03/2006